Psicoterapia

Realizo atendimento psicológico baseado na abordagem humanista fenomenológica-existencial, com manejo clínico pelo método psicoterápico Brainspotting.

Para que a Psicoterapia é indicada?

Tratamento de traumas, depressão, ansiedade de performance, fobia, pânico, insônia, medo, dores crônicas, desbloqueio de criatividade, Transtorno de Estresse Pós-traumático (TEPT). Também focada em dúvidas profissionais/carreira, aconselhamento psicológico, melhoria na performance artística e esportiva, dentre outras demandas.

Agende seu atendimento:

Entre em contato para agendar dia e horário mais adequado para seu atendimento.

WhatsApp (65) 9 99341-8338

Público-alvo: Adultos e adolescentes.

Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h

Endereço: Rua Comandante Costa 2017 – Bairro: Centro-sul, Cuiabá/MT

Centro de Saúde São Camilo

Qual é o propósito da Psicoterapia?

O objetivo da psicoterapia é levar o cliente do processo de desregulação para a regulação. Sendo a Psicologia uma profissão de ajuda, o propósito do psicólogo é acolher o indivíduo mediante as dúvidas, as dores, os sofrimentos e o desejo de melhoria de performance em todas as áreas de atuação na vida. Todo sintoma tem uma história, uma causa, um passado. E, no processo psicoterapêutico, não cabe ao psicólogo emitir juízo, estabelecer preconceitos ou julgamentos, e sim conduzir, acompanhar a sabedoria do próprio sistema do ser, que é complexo e sábio, conduzindo-o para que ele próprio encontre a melhor maneira de lidar consigo, adaptando-se às relações e ao meio em que vive. Por isso, a dimensão mais valorizada entre psicoterapeuta e o cliente é a confiança.

A evolução da Psicologia tem sido marcante. Nas últimas décadas áreas importantes revolucionaram as psicoterapias, como as neurociências e a neurobiologia. As abordagens que apenas focavam áreas do cérebro ligadas ao córtex e neocórtex, se ampliaram para manejos além da oralidade, ou da fala, focadas na complexidade das sensações corporais, extremamente eficazes no reprocessamento de traumas, dissociações, depressão, fobias, dores físicas, emocionais e transtornos em geral. Há registros encontrados apenas no subcórtex, que envolve sistema límbico e mesencéfalo, que tão logo encontrados chegam à remissão deles, sem demora.

A Psicoterapia é um processo que revitaliza potencialidades desorganizadas, não visa mudar a pessoa, mas torná-la apta a viver no mundo como ela é. É um instrumento de manejo que ressignifica experiências traumáticas, fobias, abusos, dentre uma série de transtorno. Trata dores físicas e emocionais, depressão, insônia, pânico e transtornos pós-traumáticos (TEPT). Auxilia na lida com medos, neuroses, ansiedade, angústia, estresse, descontrole emocional e desbloqueio de criatividade. Através do processo psicoterápico, o indivíduo descobre o modo mais adequado para lidar consigo, com o outro e com o mundo, sem medo. Logo, investir e se comprometer com a psicoterapia faz bem. Pois os diversos transtornos, angústias, neuroses e traumas se tornam expressões de sofrimento quando o indivíduo não se abre frente às possibilidades. Por essa razão, cuidar de si é assumir responsabilidade. A Psicoterapia provoca a descoberta de novos recursos que tornam o ser apto a viver no mundo como ele é. Contudo, toda e qualquer mudança ocorrerá somente se ele quiser, e, se permitir.

Há um aspecto cada vez mais relevante no processo da psicoterapia: a neurobiologia. O fato é que as experiências traumáticas sempre ficam gravadas no corpo do indivíduo, de alguma forma. E, cada vez mais surgem estudos com evidências de que aquilo que é neurobiológico, dentro de uma visão fenomenológica, apresentada por perspectivas neurocientíficas, no campo psicoterápico, evidenciam o fato de que muitas demandas de reprocessamento de traumas, autorregulação das emoções, dissolução de bloqueios e transtornos em geral, são solucionadas somente pelo acesso às regiões subcorticais do cérebro, áreas que estão além dos campos da fala e do movimento. Ao necessitar de psicoterapia, que fique claro que nem tudo está no córtex, aliás, nele reside conteúdo menos do que no cérebro subcortical, área reptiliana milenar. Por isso, nem sempre as terapias de fala podem ser a solução para casos complexos. No universo do indivíduo há muitas vozes sem palavras, entendidas e reguladas por mecanismos neurobiológicos, condições oferecidas pela técnica de manejo clínico Brainspotting (confira mais à frente). Mas, antes vejamos um pouco sobre a abordagem humanista.

Quer falar comigo?

Posso te ajudar com atendimento em psicoterapia, palestra, T&D ou consultoria? Clique no botão ao lado para falar comigo.

© 2021. Todos os direitos reservados.

Criado por Henrique Rolim